Voodoo Priest, Command 6 e Hatematter – 22/03/2013 – Hangar 110

Voodoo Priest - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
 Texto por Iza Rodrigues | Fotos por Leandro Pena
 

Após a saída do vocalista Vitor Rodrigues do Torture Squad, todos esperavam ansiosamente pelo seu retorno em uma nova banda.
Na última sexta-feira, o vocalista estreou num show com o Voodoo Priest, ao lado de outras (ótimas) bandas do Metal brasileiro, Command 6 e Hatematter.

Hatematter - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
 
 
Hatematter - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
O Hatematter abriu a noite com músicas do seu primeiro álbum “Doctrines”.
A banda trás um som pesado, algo entre o Thrash, com passagens de Death, mas também  com partes melódicas e vocais limpos, com influências que remetem a Pantera e Nevermore.
Os rapazes lançaram em 2012 o clipe para a música “No Conscience”, que vale a pena assistir. Um dos melhores videoclipes do Metal brasileiro, sem dúvida alguma.
Command 6 - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
Command 6 - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
Na sequência vieram os rapazes do Command 6, que eu já tive o prazer de assistir várias vezes. 
Com uma presença de palco ímpar, principalmente pelo vocalista Wash e pelo baixista Johnny Hass, o Command 6 trouxe músicas do álbum “Black Flag”, lançado em 2012, e apontado por vários veículos da mídia especializada como um dos melhores álbuns do ano. Não é pra menos, a banda trás músicas com refrões pegajosos, mesclando peso e melodias, envoltos num show super enérgico.
 
Pouco tempo depois, veio ao palco o Voodoo Priest que lançou neste show o seu primeiro EP, distribuído gratuitamente a todos as pessoas que adquiriram ingresso.
 
Além de contar com Vitor Rodrigues (ex – Torture Squad) nos vocais, a banda trás outros importantes músicos da música pesada brasileira: César Covero (Endrah) e Renato de Lucas (Exhortation) nas guitarras, Bruno Pompeu (Agression Tales) no baixo e Edu Nicolini  (Nitrominds / Musica Diablo) na bateria.
 
O setlist trouxe não só faixas do EP, mas abriu espaço para músicas inéditas, covers do Carcass (Heartwork), Iron Maiden (Aces High) e também, Torture Squad, porque não? “Pandemonium” e “Chaos Corporation” levantaram ainda mais o público.
 
Para fãs de Thrash e Death Metal, não deixem de conferir o trabalho do Voodoo Priest, prato cheio pra vocês. 
 
Voodoo Priest - foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
Voodoo Priest - Foto por Leandro Pena para o Menina Headbanger
 
 Texto por Iza Rodrigues | Fotos por Leandro Pena

Posts relacionados

Comments

comments

Deixe uma resposta