Metal Não Convencional

Quando pergunto às pessoas o que elas acham que falta no Heavy Metal atual, as respostas quase sempre giram em torno da “inovação”, “originalidade” e “criatividade”.
Curiosa como sou, sempre estou à procura de bandas que incluam novos ritmos, temáticas e culturas em sua música.
Cansado (a) da mesmice? Divirta-se com essa pequena lista de bandas que incorporam diferentes linguagens em sua sonoridade.
Deixarei as bandas mais perturbadoras de Avant-Garde para outro post 😉

ARANDU ARAKUAA
Metal com vocais limpos e guturais, aliados a música indígena e com letras cantadas em Tupi antigo. Uma grata surpresa para o Metal Nacional. 

País: Brasil
Estilos: Metal / Música Indígena
Site OficialFanpage



DYNAHEAD

Banda que mora no meu coração
Já em seu terceiro álbum, o Dynahead é um quebra cabeça. 
É Thrash, Death, Prog. Tem músicas com influências de Jazz, outras com trechos de Bossa Nova e até a que começa Doom e de repente vira Samba (!). 
Dynahead é isso, é diversidade!

País: Brasil
Estilos: Thrash / Prog Metal

 

Resenha do álbum “Youniverse” e do “Chordata I”




CANGAÇO
Já é sabido que existem bandas que integram a música brasileira ao Heavy Metal, porém em sua boa parte são bandas de Power e Metal Melódico (vide Angra, Aquaria etc.). Os pernambucanos do Cangaço misturam ritmos regionais com  Thrash e Death Metal e ainda cantam em português.

País: Brasil
Estilos: Thrash / Death / Forró / Baião / Maracatu





INSTINCTED

Se você gosta de música eletrônica, mas está cansado (a) da forma como ela é comumente empregada no Rock e Metal, a Instincted é uma boa opção. 
Você tem “medo” da mistura de música eletrônica com Metal? Tranquilize-se, aqui não há exageros!

 

País: Brasil
Estilos: Metal / Eletrônico





FANTTASMA

Mais uma grata surpresa do nosso país, o Fanttasma é um projeto que reuniu diversos músicos (incluindo um saxofonista) em seu primeiro álbum “Another Sleepless Night“.
A faixa “Life Is War” traz nos vocais Áscaris (Imperium Infernale) e Fernanda Lira (Nervosa), cantando de uma forma muito diferente do que estamos acostumados a ouvir.


País: Brasil
Estilos: Metal / Doom / Blues 
Site Oficial | Fanpage



TO-MERA

O To-Mera é uma banda inglesa na ativa desde 2005 e que faz uma mistura pouco vista: Metal com pitadas de Jazz, flertando com o Gothic e Doom. 
Som cadenciado e denso e com vocal feminino.
País: Inglaterra
Estilos: Metal / Gothic / Jazz / Prog




AL-NAMROOD

O Al-Namrood é uma banda de Black Metal com fortes influências de música Folk do seu país de origem, a Arábia Saudita, além de cantarem em sua língua nativa.
País: Arábia Saudita
Estilos: Black Metal / Música Árabe




ORPHANED LAND
Muitos talvez já conheçam, o Orphaned Land é uma banda israelense (creio que uma das poucas daquela região) que mistura a música pesada com ritmos típicos da região do Oriente Médio.
País: Israel
Estilos: Metal / Folk



FANTÔMAS

Bandas de Avant-Garde sempre soam estranhas na primeira audição. Abra-se para o novo!
O Fantômas é um projeto formado por músicos já bem conhecidos no meio do Rock e Heavy Metal (Mike Patton, Dave Lombardo, Buzz Osborne e Trevor Dunn) e tem uma sonoridade, no mínimo, caótica.
País: EUA
Estilos: Avant-Garde



HIDDEN IN THE FOG
Progressive Black Metal“, sim, toda a complexidade do Prog chegou até um dos estilos mais fechados da música pesada. Em alguns momentos parece se tratar de uma banda comum de Black Sinfônico, mas a diversidade do Hidden In The Fog vai muito além.

País: Alemanha
Estilos: Black Metal / Prog


ABADDON
Existem umas dez (ou mais) bandas com o nome de Abaddon, de diferentes estilos.
Abaddon que falo hoje é uma banda que mescla Black e Death Metal com sinfonias, vocais guturais e limpos que remetem ao Gothic Rock. Além do visual andrógino, raramente utilizado por bandas de Metal Extremo.

País: Noruega (?)
Estilos: Black / Death / Gothic


Eloa Vadaath

Banda italiana que mescla Death Melódico e Prog Metal, com vocais limpos e guturais, além de atmosferas típicas do Avant-Garde, quebras de andamento e alguns coros que remetem ao Power Metal. Ecléticos, não? 

País: Itália

Estilos: Avant-Garde / Progressive Death Metal
Fanpage



Essa é uma PEQUENA LISTA. 

Conhece outras bandas diferentes? Deixe nos comentários, quem sabe rende outro post? 😉

Posts relacionados

Comments

comments

5 thoughts on “Metal Não Convencional

  1. Oi Sophia!

    Procure ouvir as seguintes bandas:
    Graveworm
    Mork
    Miasthenia
    Luxúria de Lilith
    Scibex

    São todas bandas de Pagan ou Black Sinfônico.

    Vou procurar umas de Folk bacanas e te falo, tudo bem?

    Abraço
    Iza Rodrigues – Menina Headbanger

  2. Descobri seu blog hoje. Adorei esse post, vou ouvir todas as bandas. Já conhecia Arandu Arakuaa e fiquei DESLUMBRADÍSSIMA com a proposta deles. Pena que só achei uma música… Seu post vai ser a minha trilha sonora do dia. Obrigada! 🙂

  3. Já conheço e curto Arandu Arakuaa e To-mera… Curto muito folk metal, principalmente quando não misturam muito com black metal (como In Extremo, Letzte Instanz, Tuatha de Danann, Falconer, Saurom Landerth, Thanateros), ou mesmo quando há mistura ou talvez não tanto assim (Korpiklaani, Finntroll, Kiuas, Turisas)

    Mas senti falta mesmo aqui da improvável Diablo Swing Orchestra, que tem umas músicas que misturam Swing-jazz, ou Flamenco, ou Ópera, ou que der na telha deles… mas sempre sem deixar de perder o peso do metal. Segue uma deles aí

    abraço!

Deixe uma resposta