Protestos: O que os headbangers tem a ver com isso?

Michel Filho/Agência O Globo
Protestos: O que os headbangers tem a ver com isso?
Não conseguiu visualizar? Te ajudo!
 
Notou o quanto os valores de ingressos pra shows de Metal estão caros?
Os instrumentos musicais e demais aparelhagens são muito mais baratos em outros países?
Que a Virada Cultural em São Paulo não teve palco Rock nesse ano?
Que a Lei Rouanet só concede benefícios a artistas que não precisam?
Que as casas de show tem que pagar uma boa grana ao Ecad, em relação a direitos autorais das músicas executadas e que, misteriosamente, quase nenhum artista recebe o dinheiro que deveria ser transferido para eles?
 
O Heavy Metal sempre teve seu lado contestador. Sobre política, guerra, dinheiro, religião e etc. Até onde você REALMENTE absorveu as letras de tantos dos nossos hinos?
Sim, você faz parte de uma cultura que SEMPRE correu na contramão. Sempre contestou o errado. Que nunca concordou com a massa, com a mídia. Heavy Metal é e sempre foi assim. E se você discorda, desculpe-me, talvez ainda não tenha entendido todo o universo da música pesada e está dentro de uma cultura que prega ao contrário de tudo que você acredita.
 
Não se trata de partidarismo. Não se trata somente de aumento de tarifas no transporte. 
Quão melhor nosso país seria se não houvesse corrupção? Se o salário mínimo fosse um valor decente? Se educação, saúde e segurança fossem prioridades? Se os impostos não fossem tantos e tão caros?
Você está satisfeito com o país que tem? Tá cansado de ser taxado de baderneiro, rebelde sem causa, vagabundo, vândalo e afins?  Chegou a hora de começar a dar um basta em tudo isso. Movimente-se!

Por um Brasil sem corrupção, por uma polícia bem treinada, por um salário digno a todas as classes, por bons hospitais públicos, por educação de qualidade, por bandido na cadeia, por fácil acesso a cultura e muito mais. 
O Brasil NÃO É um país pobre. É um país mal comandado e cabe a nós, eu e VOCÊ, exigir de quem está no Governo, melhorias pro lugar onde vivemos.
 
Não são só R$ 0,20. 
É a SUA vida. O país em que VOCÊ mora. É o dinheiro que sai do SEU bolso. 
Você também faz parte de tudo isso.

Não se satisfaça com pouco. Fiscalize quem está no poder. Exija os seus direitos. Não engula qualquer coisa. Faça sua voz bradar. Recuse/Resista

It’s time to change
It can’t stay the same
Revolution is my name
Pantera

Saiba como protestar nas ruas ou em casa CLICANDO AQUI

Por um país sem corrupção

Lembrou de outras músicas de Heavy Metal com letras de protestos? Deixe nos comentários 😉

Posts relacionados

Comments

comments

One thought on “Protestos: O que os headbangers tem a ver com isso?

  1. sistema de transporte publico faliu com certeza no Brasil e isso justifica sim as manifestações de rua , quem tem que pegar ônibus todos os dias sabe o que significa esses aumentos sem falar na qualidade. Porem devemos "ler a historia e não deixar a historia nos ler"os avanços que o Brasil teve nos últimos dez anos em todas áreas (e algumas vezes contrariando interesses que a muito se tinham como divinos por nossas tradicionais elites) são fato, como é fato o desespero daqueles que por mais de quinhentos anos mandaram no Brasil e agora estão sem perspectivas de voltar e estão vendo neste justos protestos a chance de emplacar algo do tipo DEUS PÁTRIA E FAMÍLIA de triste memoria,então ninguém é bobo vamos para rua para garantir as conquistas e avançar, retroceder jamais é para frente que se anda!!!

Deixe uma resposta